PUBLICIDADE
Topo

Blog do Brasilianismo

Força de Lula faz gestor dos EUA trocar otimismo por preocupação com Brasil

Daniel Buarque

26/06/2018 04h37

O gestor americano de investimentos Mark Mobius

A força política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo após a sua prisão, fez com que um dos maiores otimistas estrangeiros em relação à economia brasileira passasse a se dizer preocupado com o país. Segundo Mark Mobius, a popularidade de Lula pode desacelerar o processo de reformas estruturais que ajudaria a impulsionar a economia do Brasil.

"Minha visão atual sobre o Brasil pode ser melhor descrita como 'preocupada' que o movimento pela reforma total do governo possa desacelerar como resultado da contínua popularidade de Lula e seus apoiadores", disse Mobius à agência de economia Bloomberg. "Isso poderia resultar em um afrouxamento do movimento de reforma ou até mesmo no seu fim".

Gestor de investimentos, especialista norte-americano em mercados emergentes, Mobius se consolidou ao longo do ano passado como uma das vozes mais otimistas em relação à economia brasileira. Em uma entrevista à agência de notícias Reuters, em junho de 2017, ele chegou a defender que, mesmo com toda a crise política, o país ainda era um bom lugar para investir, com potencial de crescer 50% em três ou quatro anos.

Mobius atuou até o começo do ano na Franklin Templeton, e agora trabalha na firma que leva seu nome: Mobius Capital Partners. A empolgação do passado, segundo ele, era fruto dos sinais dados pela Operação Lava Jato e pelo combate à corrupção, que abriram espaço para forças reformistas na política brasileira.

Agora, com a falta de força de candidatos como Geraldo Alckmin, que para o mercado representa esse movimento de reformas econômicas, Mobius deixou de lado a confiança. "Isso é um problema real, e aumenta o risco político", disse à Bloomberg.

Segundo a reportagem da agência de economia, a preocuapção quanto à desaceleração das reformas por conta da eleição presidencial está se espalhando pelo mercado internacional. A força da esquerda liderada por Lula poderia levar um candidato ao segundo turno, diz, citando a agência de risco Eurasia.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

Sobre o Autor

Daniel Buarque vive em Londres, onde faz doutorado em relações internacionais pelo King's College London (em parceria com a USP). Jornalista e escritor, fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute da mesma universidade inglesa. É autor do livro “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e do livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners, além de outros quatro livros. Escreve regularmente para o UOL e para a Folha de S.Paulo, e trabalhou repórter do G1, do "Valor Econômico" e da própria Folha, além de ter sido editor-executivo do portal Terra e chefe de reportagem da rádio CBN em São Paulo.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.

Blog Brasilianismo