Topo
Blog do Brasilianismo

Blog do Brasilianismo

Brasil é exemplo de corrupção de campanha anticorrupção, diz pesquisador

Daniel Buarque

18/09/2019 04h00

A crise causada pelos incêndios na Amazônia é um exemplo do resultado da "manipulação cínica dos esforços anticorrupção para minar a democracia e promover uma agenda política autoritária".

O argumento foi defendido por Kaushik Basu, pesquisador do instituto Brookings (o think tank de maior prestígio do mundo) e professor de erocnomia da universidade Cornell, nos EUA, em artigo publicado no site do Brookings.

Segundo Basu, que também foi economista-chefe do Banco Mundial e é presidente da International Economic Association, Bolsonaro é responsável pela redução dos sistemas de proteção da Amazônia, mas ele só chegou ao poder por conta desse uso errado de ações contra a corrupção.

A corrupção é um problema sério em vários países do mundo, explica, mas também serve para motivar movimentos políticos que manipulam a luta contra ela para seus próprios fins.

"Muitos líderes que chegaram ao poder com um interesse genuíno no controle da corrupção acabaram alimentando o compadrio e prejudicando a democracia", diz.

De acordo com o artigo, isso foi visto no Brasil no caso da prisão de Lula em um ano eleitoral.

Lula "foi preso por corrupção, não como uma tentativa honesta de construir um sistema político mais transparente, mas para excluí-lo da eleição presidencial, que pesquisas de opinião sugeriram que ele venceria, possibilitando assim a vitória de Bolsonaro", diz Basu –e a eleição de Bolsonaro é o que leva à relação com os incêndios na Amazônia.

"Sistemas corruptos são vulneráveis não apenas à corrupção em si, mas também a iniciativas de 'anticorrupção' motivadas politicamente, que entranham os desequilíbrios de poder que devem superar e facilitam a ascensão de regimes não democráticos. A escala da devastação que essa manipulação pode causar é evidente na Amazônia hoje", avalia.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Daniel Buarque vive em Londres, onde faz doutorado em relações internacionais pelo King's College London (em parceria com a USP). Jornalista e escritor, fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute da mesma universidade inglesa. É autor do livro “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e do livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners, além de outros quatro livros. Escreve regularmente para o UOL e para a Folha de S.Paulo, e trabalhou repórter do G1, do "Valor Econômico" e da própria Folha, além de ter sido editor-executivo do portal Terra e chefe de reportagem da rádio CBN em São Paulo.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.