Topo
Blog do Brasilianismo

Blog do Brasilianismo

Imprensa internacional diz que Bolsonaro quer proteger policiais que matam

Daniel Buarque

22/11/2019 07h42

A imprensa brasileira noticiou desde a tarde de quinta-feira (22) que o presidente Jair Bolsonaro enviou ao Congresso um projeto de lei para isentar de punição militares e policiais que cometerem excessos durante operações de garantia da lei e da ordem.

A medida ganhou destaque na imprensa internacional, que traduziu o projeto de forma bem direta: "Presidente do Brasil envia a legisladores lei para proteger policiais e soldados que matam", como no título no site da rede americana Fox News.

Ligada à direita dos Estados Unidos e tradicionalmente associada à defesa do presidente Donald Trump, a Fox News ressalta que a proposta foi enviada "em meio a um aumento de assassinatos pela polícia em todo o país".

A violência policial já é uma das mais fortes imagens do país no resto do mundo, e a atenção internacional em relação a este tipo de ação tem crescido neste ano, especialmente sobre casos no Rio de Janeiro.

Casos como mortes de crianças, como Ágatha Félix, morta por um tiro disparado pela polícia, dão rosto e aumentam a visibilidade dessa violência policial que pior a reputação internacional do Brasil.

Vários outros veículos da imprensa internacional publicaram a notícia sobre o projeto de Bolsonaro com título semelhante sobre a impunidade para policiais. Várias usam um despacho da agência de notícias Reuters sobre a proposta.

A agência explica que a proposta reduziria as sentenças e até ofereceria proteção judicial a policiais que matam em situações que eles enfrentem agressão injusta ou iminente, incluindo abordagem a pessoas armadas.

Reportagem da Folha explica que o anúncio foi feito durante o lançamento da Aliança pelo Brasil, partido que o presidente quer criar e que tem como pilares um forte apelo ao discurso religioso, a defesa do porte de armas e o repúdio ao socialismo e ao comunismo. A ideia da proposta é que agentes não sejam punidos por "eventuais excessos cometidos".

A percepção na imprensa internacional aproxima o Brasil do noticiário relacionado às Filipinas, onde o governo de Rodrigo Duterte é visto como incentivador da violência policial.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Daniel Buarque vive em Londres, onde faz doutorado em relações internacionais pelo King's College London (em parceria com a USP). Jornalista e escritor, fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute da mesma universidade inglesa. É autor do livro “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e do livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners, além de outros quatro livros. Escreve regularmente para o UOL e para a Folha de S.Paulo, e trabalhou repórter do G1, do "Valor Econômico" e da própria Folha, além de ter sido editor-executivo do portal Terra e chefe de reportagem da rádio CBN em São Paulo.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.