Topo
Blog do Brasilianismo

Blog do Brasilianismo

Bolsonaro reforça estereótipo que fez do Brasil destino de turismo sexual

Daniel Buarque

2027-04-20T19:10:35

27/04/2019 10h35

Quem "quiser vir aqui fazer sexo com uma mulher, fique à vontade". A declaração do presidente Jair Bolsonaro, um contraponto a seu argumento de que o Brasil não pode ser um destino do turismo gay, relembra um passado em que o país fazia do clichê da sensualidade feminina parte da sua divulgação oficial para atrair visitantes. Este discurso reforça estereótipos muito negativos do país e da mulher brasileira, projetando a imagem do país como um destino famoso para o turismo sexual.

Um estudo do material de publicidade da Embratur entre as décadas de 1960 e 2000 evidencia isso claramente, e demonstra os problemas ligados a essa divulgação.

Segundo o trabalho "A Imagem do Brasil no Exterior", realizado pela pesquisadora Kelly Kajihara, a beleza e a sensualidade da mulher brasileira, grandes estereótipos do Brasil no exterior, foram bastante retratadas no material promocional da Embratur ao longo da história.

Foi apenas a partir do ano 2000 que isso começou a diminuir, explica, mas grande parte do material promocional da Embratur até então "mostra a mulher brasileira seminua nas praias, e por décadas a mulher brasileira foi divulgada no exterior como se fosse um atrativo do país".

Segundo o trabalho, publicado pela Revista Acadêmica Observatório de Inovação do Turismo, essa divulgação da sensualidade brasileira foi muito problemática para a imagem do Brasil.

"A perpetuação de tais estereótipos gerou sérias sequelas ao país, como o interesse dos turistas estrangeiros por sexo fácil no país e pelo conseqüente incentivo à prostituição adulta e infantil. Além disso, as imagens associadas à sensualidade também geraram conseqüências sociais, como a depreciação da mulher brasileira que é vista no exterior como 'fácil' e provocante", avalia.

É verdade que a declaração de Bolsonaro não faz parte do mesmo tipo de estratégia de publicidade que existiu no passado. Ainda assim, a declaração repercutiu muito na imprensa internacional (especialmente a parte que tem conotação homofóbica), projetando a imagem de que o presidente autoriza estrangeiros a pensarem no país como um destino de turismo sexual –quando o papel do governo seria o de proteger as mulheres brasileiras e sua reputação no resto do mundo.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

Sobre o Autor

Daniel Buarque é jornalista, escritor e fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute do King's College de Londres. É autor de cinco livros, incluindo “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e escreveu o livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners. Nascido no Recife, escreve regularmente para o UOL e já trabalhou como editor-executivo do portal Terra, chefe de reportagem da rádio CBN, pauteiro de Mundo da Folha de S. Paulo e repórter do Valor Econômico e do G1.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.