Brasilianismo

Deu no ‘FT’: Recuperação econômica contrasta com sofrimento dos brasileiros

Daniel Buarque

Deu no 'FT': Investidores veem melhora, mas brasileiros sofrem com crise

Os indicadores financeiros do Brasil indicam melhora da economia do país, o câmbio mostra valorização da moeda, o governo fala em fim da recessão. Enquanto isso, entretanto, a população brasileira ainda sofre com graves efeitos da crise econômica, que aumentou o desemprego no país. Este contraste resume a atual realidade brasileira, segundo uma reportagem publicada pelo jornal de economia ''Financial Times''.

As dificuldades de ''milhões de brasileiros contrasta foremente com a situação do mercado de ações do país e sua moeda, que se fortaleceram muito no último ano sob o otimismo de que o que muitos chamam de 'depressão brasileira' está finalmente acabando'', diz o jornal.

O ''FT'' resume os acontecimentos políticos que se desenrolaram junto com a crise econômica, e explica que o governo de Temer está encaminhando reformas para recuperar a economia, o que foi comemorado por investidores estrangeiros.

''A maioria dos economistas concorda que a economia está pronta para se recuperar, mas que os resultados negativos do último trimestre de 2016 indicam que isso vai acontecer de forma lenta'', diz.

Politicamente, segundo o jornal, o governo de Temer precisa que o desemprego comece a diminuir, para que a situação dos brasileiros possa melhorar.

''Mesmo as pessoas que ainda têm emprego têm medo de as coisas piorarem'', diz a reportagem.

O texto dá uma feição humana à crise, que muitas vezes é abordada por publicações estrangeiras apenas a partir dos dados do mercado. Enquanto publicações como a ''Economist'' focam na recuperação percebida pelos investidores e o otimismo que começa a surgir em relação à economia, é importante que o ''FT'' dê destaque ao contraste desses dados com a situação difícil enfrentada pela população.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil