Topo
Blog do Brasilianismo

Blog do Brasilianismo

Morte de abelhas gera preocupação mundial sobre uso de pesticidas no Brasil

Daniel Buarque

20/08/2019 04h38

A morte de milhões de abelhas no Brasil ganhou uma grande repercussão internacional nesta semana, ampliando a preocupação sobre a liberação do uso de pesticidas e a polêmica a respeito de questões ambientais do Brasil que podem afetar todo o planeta.

"Abelhas estão morrendo no Brasil e enviando uma mensagem para os humanos", diz o título de uma reportagem publicada pela agência de economia Bloomberg na segunda-feira.

A publicação ganhou eco em sites como o Science Alert e até mesmo na rede de TV americana CBS.

"Mais de meio bilhão de abelhas morreram no Brasil nos últimos três meses", destacou o canal dos EUA.

A CBS comentou sobre a importância das abelhas para a reprodução de plantas e para a garantia da segurança alimentar mundial. Segundo a reportagem, a morte de abelhas no Brasil abre questões sobre o futuro da produção de alimentos no mundo.

Além disso, dizem as reportagens publicadas no exterior, há uma preocupação sobre a possibilidade de os pesticidas que causaram as mortes das abelhas afetarem mais do que insetos.

"As mortes levantaram questões sobre o oceano de pesticidas utilizados na agricultura do país e sobre se os produtos químicos estão passando através da oferta de alimentos para humanos –mesmo que o governo considere liberar ainda mais", diz a Bloomberg.

Segundo a reportagem, a maioria das abelhas mortas continha traços de fipronil, um inseticida proibido na União Européia e classificado como um possível carcinogênico humano pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA.

"Desde que o presidente Jair Bolsonaro assumiu o poder, em janeiro, o Brasil permitiu a venda de um número recorde de 290 pesticidas, um aumento de 27% em relação ao mesmo período do ano passado, e um projeto de lei no Congresso poderia relaxar ainda mais os padrões", explica a Bloomberg.

"O Brasil se tornou o maior comprador de agrotóxicos do mundo", diz a CBS.

A preocupação com o uso de pesticidas gerou alerta até mesmo da ONG internacional de direitos humanos Human Rights Watch, que publicou, em julho, um texto sobre os riscos do uso de pesticidas para a saúde humana.

De acordo com a reportagem da agência de economia, a morte de abelhas pode ser interpretada como um alerta sobre este uso de pesticidas. "É um sinal de que estamos sendo envenenados", diz um entrevistado citado na reportagem.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Daniel Buarque vive em Londres, onde faz doutorado em relações internacionais pelo King's College London (em parceria com a USP). Jornalista e escritor, fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute da mesma universidade inglesa. É autor do livro “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e do livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners, além de outros quatro livros. Escreve regularmente para o UOL e para a Folha de S.Paulo, e trabalhou repórter do G1, do "Valor Econômico" e da própria Folha, além de ter sido editor-executivo do portal Terra e chefe de reportagem da rádio CBN em São Paulo.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.