Topo
Blog do Brasilianismo

Blog do Brasilianismo

Bolsonaro abandonou promessa de luta contra corrupção, avalia The Economist

Daniel Buarque

26/07/2019 06h11

A luta contra a corrupção, prioridade dos eleitores brasileiros e uma das principais bandeiras da campanha que levou à eleição de Jair Bolsonaro, está perdendo força no Brasil, avalia um artigo publicado pela revista The Economist nesta semana.

De acordo com a publicação, o presidente abandonou a sua "cruzada" contra a corrupção, quebrando uma das suas promessas. Seu governo, diz, "parece tão propenso a escândalos quanto o que ele substituiu".

A Economist cita as acusações contra o filho do presidente, Flávio Bolsonaro, fala sobre o vazamento de conversas do ministro Sergio Moro pelo site The Intercept, relata as investigações sobre o ministro do Turismo e chama a possível indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada de Washington de nepotismo.

O ponto mais problemático, diz, foi a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, de suspender investigações criminais que usem dados do Coaf.

"O presidente apoiou a decisão de suspender o caso contra seu filho. Fora isso, ele ficou quieto quanto à corrupção."

A Economist até defende conquistas do governo em outras áreas, como o avanço da Reforma da Previdência e o acordo do Mercosul com a UE. Ainda assim, destaca a baixa popularidade do governo e a dificuldade em recuperar a economia. Segundo a revista, entretanto, apesar da sequência de escândalos e revelações, os brasileiros não perceberam que a "equipe dos sonhos contra a corrupção" "fracassou".

A publicação avalia a possibilidade de a luta contra a corrupção voltar a ganhar força no país e argumenta que é justamente quem mais defendia este tipo de ação que agora cria dificuldades.

"Apesar de suas falhas, a Lava Jato ofereceu a esperança de que o Brasil poderia acabar com a cultura de impunidade que permitia o avanço da corrupção. A questão agora é se essa missão pode superar os danos infligidos a ela por seus maiores defensores".

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Daniel Buarque vive em Londres, onde faz doutorado em relações internacionais pelo King's College London (em parceria com a USP). Jornalista e escritor, fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute da mesma universidade inglesa. É autor do livro “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e do livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners, além de outros quatro livros. Escreve regularmente para o UOL e para a Folha de S.Paulo, e trabalhou repórter do G1, do "Valor Econômico" e da própria Folha, além de ter sido editor-executivo do portal Terra e chefe de reportagem da rádio CBN em São Paulo.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.