PUBLICIDADE
Topo

Intervenção na Petrobras ameaça confiança do Mercado no governo Bolsonaro

Daniel Buarque

14/04/2019 12h21

A vitória de Jair Bolsonaro na eleição do ano passado foi bem recebida pelo Mercado internacional, que via no presidente e no ministro Paulo Guedes a formação de um governo liberal, favorável aos negócios. Com a intervenção da semana passada na Petrobras, entretanto, esta imagem começa a ficar ameaçada.

A ação sobre a política de preços da estatal afeta a credencial de Bolsonaro como um presidente favorável ao Mercado, segundo uma reportagem publicada pela agência de economia Bloomberg.

Além da queda nas ações da Petrobras, a medida trouxe de volta medo de intervenção do governo na economia. A ação "colocou em dúvida a confiança que investidores colocaram em Bolsonaro, que chegou ao poder prometendo recuperar a economia problemática pela recuperação das contas públicas e tornando mais fácil fazer negócios no país", explicou o texto.

Segundo uma reportagem da Folha, analistas e políticos com influência no setor financeiro dizem que o gesto do presidente alimentou não só a percepção de que a ascendência de Guedes sobre ele tem teto baixo, como também minou a imagem de liberal que captou apoio na campanha.

A mesma Bloomberg publicou no fim de semana uma outra reportagem em que o ministro Guedes diz que vai desfazer qualquer confusão relacionada com a ação do presidente na Petrobras. Ainda assim, a reportagem argumenta que a intervenção criou uma onda de choque no Mercado brasileiro.

Além de ferir a imagem e a credibilidade do governo em relação à economia, a mudança na percepção chega num momento em que o Mercado começa a ver com menos confiança as chances de o governo aprovar reformas como a da Previdência e ajudar a recuperar a economia brasileira. No balanço sobre os primeiros cem dias de Bolsonaro na Presidência foi comum a avaliação de que Bolsonaro está perdendo popularidade e o governo tem cometido erros que podem comprometer a aprovação das reformas que o Mercado vê como essenciais para o país.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Daniel Buarque vive em Londres, onde faz doutorado em relações internacionais pelo King's College London (em parceria com a USP). Jornalista e escritor, fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute da mesma universidade inglesa. É autor do livro “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e do livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners, além de outros quatro livros. Escreve regularmente para o UOL e para a Folha de S.Paulo, e trabalhou repórter do G1, do "Valor Econômico" e da própria Folha, além de ter sido editor-executivo do portal Terra e chefe de reportagem da rádio CBN em São Paulo.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.