Topo
Blog do Brasilianismo

Blog do Brasilianismo

Fala de Bolsonaro sobre nazismo é exemplo de falta de noção da realidade

Daniel Buarque

2002-04-20T19:18:10

02/04/2019 18h10

"Tudo indica que o Brasil não tem uma percepção muito correta da realidade."

A afirmação acima foi feita por Bobby Duffy, diretor do instituto de política do King's College London e autor do livro "The Perils of Perception: Why we're wrong about nearly everything" (Os perigos da percepção: Por que estamos errados sobre quase tudo), em entrevista ao blog Brasilianismo, em setembro do ano passado.

Duffy discutia o seu trabalho que analisa a forma como as pessoas em diferentes partes do mundo desenvolvem sua noção (muitas vezes equivocada) sobre realidade. Ele tratou do problema em relação ao Brasil, indicando preocupação pelo nível de desinformação que proliferava no país às vésperas da eleição. Segundo o trabalho dele, a noção equivocada dos brasileiros sobre a própria realidade poderia afetar o comportamento dos eleitores na hora de escolher o presidente.

Três meses após a posse do presidente eleito no país naquele contexto, é o próprio Jair Bolsonaro que parece dar o exemplo perfeito de falta de noção sobre a realidade. A demonstração é evidente na repetição dele e do chanceler Ernesto Araújo sobre o nazismo ter sido uma ideologia de esquerda –por mais que o consenso acadêmico diga que o nazismo era de extrema-direita, bem como também declararam a embaixada da Alemanha e até o Museu do Holocausto.

"É incrivelmente difícil lutar contra informações equivocadas que ganham vida própria. Mesmo que toda a evidência científica seja em contrário, a reação das pessoas ao que veem como uma ameaça é puramente emocional. Isso é um problema real", explicou Duffy.

Segundo a pesquisa mais recente, o Brasil é o quinto país do mundo em que as pessoas mais têm a percepção equivocada sobre a realidade –o que já foi chamado de "índice de ignorância", e no qual o país chegou a ser o segundo colocado.

A informação é de uma pesquisa de 2018 realizada em 38 nações para avaliar o conhecimento geral e a interpretação que as pessoas fazem sobre o país em que vivem.

"A questão não é falta de conhecimento, mas de que as pessoas acham que estão certas, mesmo que não estejam. São duas coisas diferentes. Percepções erradas são mais difíceis de lidar do que ignorância. Quando as pessoas não têm conhecimento sobre algo, elas podem ser ensinadas. É mais difícil convencer pessoas que acham que sabem algo que na verdade está errado. Mudar a percepção das pessoas é mais difícil", explicou Duffy.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Daniel Buarque é jornalista, escritor e fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute do King's College de Londres. É autor de cinco livros, incluindo “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e escreveu o livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners. Nascido no Recife, escreve regularmente para o UOL e já trabalhou como editor-executivo do portal Terra, chefe de reportagem da rádio CBN, pauteiro de Mundo da Folha de S. Paulo e repórter do Valor Econômico e do G1.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.