Topo
Blog do Brasilianismo

Blog do Brasilianismo

Imprensa estrangeira vê fracasso do 'centro' e segundo turno de 'pesadelo'

Daniel Buarque

01/10/2018 15h59

A menos de uma semana das eleições presidenciais descritas como "decisivas", "polarizadas" e "imprevisíveis", a mídia estrangeira que acompanha a situação política do Brasil parece ter decretado o fracasso da tentativa de unir o país em torno de um candidato "de centro" e vê o país caminhando para um segundo turno "turbulento" entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad.

"Milhões de eleitores brasileiros estão frustrados com a implosão do centro", diz o título de uma reportagem publicada pela agência de economia Bloomberg. Segundo a publicação, esses brasileiros "moderados" se sentem sem ter a quem apoiar.

Com o avanço de Haddad nas pesquisas, "o favorito do mercado, Geraldo Alckmin, um dos candidatos de um centro com muitos nomes, está sofrendo uma hemorragia de apoio enquanto congressistas passam ao lado de candidatos com mais força", diz a publicação.

"Apelos pela união em torno de um candidato de centro fizeram pouco para mudar a paisagem, e as esperanças de moderados de que cabeças frias venceriam estão desaparecendo", complementa.

O cenário do segundo turno entre Haddad e Bolsonaro tem sido descrito como "o pior possível", segundo uma entrevistada pela agência, ou uma disputa entre "o ruim e o extremamente ruim", segundo reportagem da agência Reuters.

De acordo com a Reuters, este enfraquecimento de candidaturas vistas como mais "moderadas" está levando os empresários brasileiros a "apoiarem silenciosamente" a candidatura de Bolsonaro, com medo da volta da esquerda ao poder.

"Alguns veem Bolsonaro como a alternativa menos pior na disputa que está se desenhando", diz a Reuters. Segundo a agência, entretanto, muitos questionam se Bolsonaro teria capacidade de formar as alianças necessárias para governar.

O segundo turno entre Bolsonaro e Haddad é o "cenário de pesadelo" para os mercados, segundo reportagem do "Financial Times", e pode condenar o Brasil a mais quatro anos de grandes brigas políticas.

"Investidores estão cada vez mais preocupados que os eleitores podem escolher um presidente que não tem vontade ou capacidade de implementar reformas econômicas necessárias, mas politicamente difíceis para corrigir os desequilíbrios fiscais da maior economia da América Latina", explica.

Segundo a rede Al Jazeera, a possibilidade de um segundo turno entre Haddad e Bolsonaro criaria uma "disputa de rejeições", mas pode dar força aos eleitores mais moderados. Em um "festival e propaganda negativa", diz, o candidato que conseguir atrair este público mais ao centro pode fazer com que o apoio dele impulsione a sua eleição.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil

Sobre o Autor

Daniel Buarque é jornalista, escritor e fez mestrado sobre a imagem internacional do país pelo Brazil Institute do King's College de Londres. É autor de cinco livros, incluindo “Brazil, um país do presente - A imagem internacional do ‘país do futuro’” (Alameda Editorial) e escreveu o livreto “Brazil Now” da consultoria internacional Hall and Partners. Nascido no Recife, escreve regularmente para o UOL e já trabalhou como editor-executivo do portal Terra, chefe de reportagem da rádio CBN, pauteiro de Mundo da Folha de S. Paulo e repórter do Valor Econômico e do G1.

Sobre o Blog

O Brasil é citado mais de 200 vezes por dia na mídia internacional. Essas reportagens e análises estrangeiras ajudam a formar o pensamento do resto do mundo a respeito do país, que tem se tornado mais conhecido e se consolidado como um ator global importante. Este blog busca compreender a imagem internacional do Brasil e a importância da reputação global do país a partir o monitoramento de tudo o que se fala sobre ele no resto do mundo, seja na mídia, na academia ou mesmo e conversas na rua. Notícias, comentários, análises, entrevistas e reportagens sobre o Brasil visto de fora.