Brasilianismo

‘Le Monde’: Ataque a caravana de Lula revela país despedaçado e sem diálogo

Daniel Buarque

'Le Monde': Ataque a caravana de Lula revela país dilacerado em sem diálogo

Os tiros disparados contra a caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Quedas do Iguaçu, no Paraná, revelam ''uma realidade angustiante'', diz uma reportagem publicada no jornal francês ''Le Monde''.

O Brasil, continua o texto, é ''um país despedaçado, onde nenhum diálogo parece ser possível entre os campos opostos.''

Dois dos três ônibus da caravana do ex-presidente foram atingidos por quatro tiros na noite desta terça. Ninguém se feriu.

Segundo o ''Monde'', além de mostrar a polarização radical da política brasileira, o ataque poderia reforçar o status de ''pai dos pobres'' de Lula, ''que se apresenta como um mártir perseguido pelos juízes'', diz.

A reportagem do jornal francês cita dois pesquisadores que falam da polarização política no país, que leva a ataques como este. ''Oa ânimos estão exaltados e isso evolui de forma perigosa'', diz um deles. ''O Brasil precisa parar e refletir neste momento. A agressão é contra a democracia'', avalia outro.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil