Brasilianismo

Investidores estrangeiros temem fim de reformas após eleição no Brasil

Daniel Buarque

Os investidores estrangeiros estão nervosos com o processo eleitoral brasileiro, diz uma reportagem publicada pelo jornal de economia ''Financial Times''.

A falta de um consenso sobre a necessidade de reformas estruturais no país entre os principais candidatos a presidente é a origem da preocupação.

''Os candidatos estão envolvidos em uma batalha pelos corações e mentes dos eleitores em um país que tradicionalmente se inclinou para a esquerda, mas que hoje está rejeitando a política tradicional em meio a uma economia cambaleante e escândalos generalizados de corrupção'', diz a reportagem.

''Os investidores estão nervosos com o fato de eleitores poderem eleger um presidente que não está disposto ou não será capaz de implementar reformas econômicas necessárias, mas politicamente difíceis, especialmente uma revisão do generoso sistema de aposentadorias do país.''

Segundo o ''FT'', Ciro Gomes é o candidato que mais preocupa, enquanto a proposta de Jair Bolsonaro parece confusa, e Marina Silva provavelmente não teria força política. Geraldo Alckmin é citado como o candidato que deixaria os mercados mais tranquilos. ''Mas até agora ele não conseguiu decolar nas pesquisas.''

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil