Brasilianismo

Arquivo : Fotografia

‘LA Times’ é finalista do Pulitzer com fotos sobre surto de zika no Brasil
Comentários Comente

Daniel Buarque

‘LA Times’ é finalista do Pulitzer com fotos sobre surto de zika no Brasil

A fotógrafa Katie Falkenberg, do jornal americano “Los Angeles Times” foi nomeada uma das finalistas do prêmio Pulitzer, anunciado nesta segunda (10) por conta de um trabalho mostrando a crise de saúde desencadeada pelo zika no Brasil.

Com foco na dificuldade das famílias que tiveram bebês com microcefalia, o trabalho tratava da “Maternidade nos tempos de zika”.

“No início de 2016, o nordeste do Brasil se tornou o epicentro de uma epidemia de zika, levando enormes mudanças à vida de milhares de pessoas. Houve um aumento sem precedentes nos casos de microcefalia, uma condição em que bebês nascem com cabeças menores do que o normal, e que é associada a problemas cerebrais”, explica Falkenberg, em texto publicado pelo jornal após a nomeação pelo Pulitzer.

A fotógrafa explica ainda que há um forte estigma em torno do nascimento de bebês com microcefalia, e que era preciso ser sensível ao falar com as famílias que seriam retratadas.

“O trabalho final se tornou uma série aprofundada que chamou a atenção para um efeito paralelo e pouco tratado da epidemia de zika: o impacto em comunidades rurais do Brasil que estão entre as mais pobres e negligenciadas”, diz.

A epidemia de zika foi um dos assuntos mais abordados pela imprensa internacional ao tratar do Brasil no ano passado. Os principais veículos de comunicação do mundo trataram do surto da doença, dos seus efeitos socioeconômicos, dos riscos ao turismo e à Olimpíada, bem como a onda de rumores e teorias da conspiração que se espalharam pelo país. Em um momento de grave crise na política e na economia, a epidemia ajudou a consolidar a tempestade perfeita de notícias negativas sobre o país.

O Pulitzer de fotografia deste ano foi vencido por E. Jason Wambsgans, do jornal “Chicago Tribune”.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil


Agência Magnum reúne melhores imagens históricas e estereótipos do Rio
Comentários Comente

Daniel Buarque

Agência Magnum reúne melhores imagens históricas e estereótipos do Rio

Agência Magnum reúne melhores imagens históricas e estereótipos do Rio

Inspirada pela Olimpíada, a agência de fotografia Magnum, uma das maiores referências do mundo, reuniu em uma página os principais retratos do Rio de Janeiro ao longo das últimas sete décadas.

A série publicada se propõe em sua maior parte não a desfazer estereótipos, mas em ampliar as cenas mais populares e conhecidas do Brasil em fotografias que tentam resumir a imagem do país e da cidade.

A página histórica inclui imagens do fotógrafo Martin Parr, chamado de ‘papa da fotografia contemporânea’, que captura estereótipos do Brasil na praia do Rio.

Tem também a fotonovela do americano David Alan Harvey, que tenta “capturar a vibração cultural” da sede da Olimpíada.

A Magnum ainda selecionou imagens de várias visitas de René Burri à cidade ao longo de mais de três décadas, além de outras séries importantes da histórica relação da agência com o Brasil.

Siga o blog Brasilianismo no Facebook para acompanhar as notícias sobre a imagem internacional do Brasil


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>